top of page
  • Grazie Prokopetz

Propriedades medicinais da Erva Cidreira (Melissa officinalis)

Atualizado: há 5 dias

Desde que voltei ao Brasil fiquei encantanda pelas propriedades calmantes da erva-cidreira. Suas propriedades tônicas para o cérebro e o sistema nervoso podem ser comparadas às de raízes poderosas como ginseng e ashwagandha.


A erva-cidreira (Melissa officinalis) é uma planta herbácea perene da família das mentas Lamiaceae e nativa do centro-sul da Europa, da Bacia do Mediterrâneo, do Irã e da Ásia Central, mas agora naturalizada nas Américas e em outros lugares. O segundo nome, officinalis (latim, 'da loja'), origina-se do uso da erva por boticários, que vendiam remédios fitoterápicos diretamente aos seus clientes.


E a minha parte favorita é que é especialmente reconfortante para as constituições Vata.


Confira!


🧠 RESTAURATIVO NERVOSO E TÔNICO CEREBRAL, reduz a ansiedade e promove o sono


❤️ VASODILATADOR melhora a circulação e as condições circulatórias


💪🏽 RELAXANTE MUSCULAR e antiespasmódico


EQUILIBRA

AGRAVA

VATA PITTA

KAPHA


Vata -

Pitta -

Kapha +


⚠️ Não é recomendado consumir fitoterápicos sem orientação de um profissional. Cada corpo, cada constituição é única e merece atenção e cuidados personalizados.


Usos históricos


O uso da erva-cidreira pode ser datado de mais de 2.000 anos atrás, através dos gregos e romanos. É mencionado pelo polímata grego Teofrasto em sua Historia Plantarum, escrita em c.300 aC, como "folha de abelha" (μελισσόφυλλον). A erva-cidreira foi formalmente introduzida na Europa no século VII, a partir de onde se espalhou o seu uso e domesticação. Seu uso na Idade Média é notado por fitoterapeutas, escritores, filósofos e cientistas.


A erva-cidreira era uma planta favorita dos Tudors, que espalhavam as folhas pelo chão. Situava-se no jardim de ervas do botânico inglês John Gerard, na década de 1590, que o considerou especialmente bom para alimentar e atrair abelhas. Especialmente cultivado para a produção de mel, segundo as autoras Janet Dampney e Elizabeth Pomeroy, “pensava-se que as abelhas nunca saíam do jardim onde era cultivado”. Foi introduzido na América do Norte pelos primeiros colonos da Europa; foi cultivada nos Jardins de Monticello, projetados pelo estadista americano Thomas Jefferson.


O botânico inglês Nicholas Culpeper considerou que a erva-cidreira era governada pelo planeta Júpiter em Câncer e sugeriu que ela fosse usada para "estômagos fracos", para fazer o coração ficar "alegre", para ajudar na digestão, para abrir "obstruções do cérebro" e expulsar "vapores melancólicos" do coração e das artérias.


Na medicina tradicional austríaca, as folhas de M. officinalis são prescritas como chá de ervas ou como aplicação externa na forma de óleo essencial.


Fonte: Wikipédia.


À uma vida em equilíbrio!


Namaste,


Grazie Prokopetz, Doctor of Ayurveda


SOBRE AYURVEDA       

INSTAGRAM          

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page